1895

Adam Opel morre aos 58 anos. A sua esposa Sophie assume a gestão da empresa com o apoio dos filhos.