XI Encontro Nacional Opel Clássico

O Clube Opel Clássico Portugal realizou o seu 11º Encontro Nacional por terras do "Alto Alentejo" de 25 a 27 de Abril 2014.

As 20 viaturas e 46 participantes adultos – a que se juntaram 5 crianças – marcaram encontro no dia 25, no Hotel Monte Filipe em Alpalhão, perto de Portalegre.

Destaque para a estreia da nova carrinha Rekord E pertença do COCP, que fez a primeira viagem após a sua recuperação, sob a batuta do Mestre Raimundo e na qual se empenharam diversos membros do Clube. Esta história será contada em futuro artigo.

O elemento mais antigo foi o Olympia de 1952, seguido de um Olympia Rekord de 1956, 1 Rekord P2 de 1961. Como habitualmente, os Kadett marcaram forte presença com 8 carros, sendo 1 modelo A de 1964, 3 modelos B de 1970, 1971 e 1973, 1 modelo C de 1979, 2 modelos D de 1981 e 1983 (este GTE) e um modelo E de 1990 (cabrio). O lote de clássicos Opel completou-se com 1 Commodore A de 1968, 1 GT de 1969, 1 Manta A de 1971, 1 Rekord D de 1972, 2 Ascona A de 1973 (1904 SR e 1604) e 1 Ascona C.

A caravana que partiu da zona de Lisboa, após paragem em Mora, parou para almoçar no belo Parque de Merendas Doutor Jorge Bastos na Comenda-Gavião, realizando um excelente pic-nic, ajudado pelo bom tempo primaveril.

A primeira actividade de todo o grupo realizou-se antes do jantar e consistiu no desenho do logo Opel com as viaturas clássicas, o qual foi conseguido após persistentes esforços.

O jantar realizou-se à saída de Alpalhão, na Tapada das Safras, tendo sido do agrado geral.

No dia de sábado, 26, os clássicos Opel desfilaram pelos campos primaveris do Alto Alentejo, na direcção de Alter do Chão e Fronteira, onde nos esperava uma visita à moderna Adega Terras d’Alter, onde após a explicação dada por Pedro Borges sobre a estratégia para a preservação da qualidade dos vinhos e internacionalização da marca, houve oportunidade de saborear 2 tintos e 2 brancos de elevado nível.

Seguiu-se o almoço em Alter do Chão, tendo os Opelistas depois rumado ao Monte Barrão, onde lhes foi proporcionado a visita às actividades agro-pecuárias desta propriedade, desde a criação de gado e de cavalos – fizeram sucesso os potros recém-nascidos e os póneis – até às vinhas e olivais a perder de vista. Sempre interessante, sobretudo para quem vive em ambientes urbanos.

De regresso a Alpalhão, realizou-se a Assembleia Geral, onde os sócios presentes tiveram oportunidade de comentar e aprovar o Relatório de Atividades de 2013, seguida projecção do ano de 2014, bem como de assuntos de interesse geral, donde se destaca o início da recuperação da Blitz.

Durante a Assembleia Geral, muito dos familiares e  acompanhantes dos sócios, disfrutaram dos encantos da piscina, sauna e banho turco do hotel, o que aliás já tinha acontecido na véspera e que muito ajudou a reforçar o clima de boa disposição habitual de todos os presentes.

O Jantar típicamente alentejano e a entrega das habituais placas de participação encerrou em beleza este 11º Encontro Nacional Opel Clássico.

O domingo dia 27 foi de regresso livre, após mais esta excelente jornada de companheirismo da Família Opel Clássico.

Os nossos agradecimentos à Colmol, Vitorinos, Açoreana e ao Filipe André e sua esposa Maria Inês da ACTIVEWAY, pela sempre cuidada organização deste evento.